Home / Aconteceu / MAMI – Movimento Artístico e Musical para Infância – Santa Teresa/Tijuca/Leblon

MAMI – Movimento Artístico e Musical para Infância – Santa Teresa/Tijuca/Leblon

BrincandoDePapel

O MAMI – Movimento Artístico e Musical para Infância-movimentando com arte a cidade do Rio de Janeiro. O MAMI atua em três teatros da cidade do Rio de Janeiro agendando espetáculos e shows no horário infantil: Café com leite, no Teatro Café Pequeno, no Leblon; Parquinho das Ruínas, no Parque das Ruínas, em Santa Teresa; Domingo das Crianças, no Centro de Referência da Música Carioca, na Tijuca.
O MAMI é formado por músicos, cantadores, contadores de histórias, compositores, escritores e atores, que produzem e atuam em espetáculos de teatro, shows musicais e contação de histórias.
O MAMI tem seu foco voltado para o desenvolvimento da infância. Estabelece com as crianças e as famílias um elo onde a arte e a cultura possam semear pensamentos e comportamentos mais humanizados e sustentáveis na construção de um mundo melhor.

PROGRAMAÇÃO – 1: MAMI – Café com leite – Brincando de Papel

Formada pelo músico Tomaz Sussekind e a atriz Michelly Lemes, Brincando de Papel é uma dupla de artistas com um trabalho musical voltado para o segmento infantil (bebês de 6 meses até crianças de 8 anos de idade). O Show Brincando de Papel é composto de músicas do primeiro CD da dupla, onde as canções estimulam as crianças a participarem ativamente do show através de brincadeiras musicais, com elementos surpresa, bonecos, batucando em latas, maracas recicladas, bola de sabão e muito mais. Além das músicas autorais, o repertório deste show também conta com “We will rock you” do Queen, “Yellow Submarine” dos Beatles e duas cantigas de roda em versão rock.

Faixa etária indicada: de 2 anos a 8 anos

Tomaz – voz e guitarra, Michelly – backing e interatividade

Teatro Café Pequeno
Av. Ataulfo de Paiva, 269 – Leblon
Tel.: 2294-4480

Sábado e domingo, dias 22 e 23 de abril
R$40,00/R$20,00 (meia)/R$15,00 (promocional)

CAminhoDeBuda3 (1)

PROGRAMAÇÃO – 2: MAMI – Parquinho das Ruínas
Dia 22 de abril – O CAMINHO DE BUDA – com Grupo Tecendo Contos

(Obs.: após o espetáculo haverá oficina de confecção de Tsurus – pássaros em origami / dobradura de papel)
A contação de história “O Caminho de Buda” aborda, em cinco episódios, a vida de Sidarta Gautama: o nascimento, a infância, a juventude, a descoberta dos quatro sinais e a saída do palácio em busca da sabedoria. Sidarta nasceu há 2,6 mil anos, 563 anos A.C, em Lumbini, fronteira entre a Índia e o Nepal. Era filho único do Rei Suddhodana e da rainha Maya, do reino de Kapilavastu. O príncipe renuncia o trono aos 29 anos e se liberta do luxo e da riqueza do palácio. O conteúdo da história do príncipe Sidarta é atual, com suas reflexões, suas inquietações e sua busca para a transformação. Os recursos cênicos utilizados são tapete e bonecos lúdicos, criados e produzidos pelo grupo. As músicas contidas no conto são inspiradas nos cânticos indianos e executadas através de violão, mini cítara, percussão e sinos. O grupo busca apresentar a dramaticidade das cenas com alegria e comicidade, para tornar a contação um momento prazeroso ao público presente.

Texto e direção – Élida Candido
Argumento – Valéria Gonçalves
Elenco – Grupo Tecendo Contos (Élida Candido e Valéria Gonçalves)
Direção Musical – Roni Valk
Adereços – Grupo Tecendo Contos

Oficina: origami TSURUS
O origami existe há mais de mil anos. No início era um passatempo, divertido e interessante para os adultos, visto que o papel era muito caro e somente a nobreza praticava. Existe a polêmica da sua origem. China ou Japão? Os historiadores afirmam que foi no ano de 105 A.C. e que chegou no Japão no século 6 através dos monges budistas.1993).
Na cultura japonesa, cada figura tem uma denotação, um significado: O sapo representa o amor e a fertilidade, a tartaruga simboliza a longevidade. Já o tsurus, que é a ave símbolo do origami, também conhecido como grou ou cegonha, significa felicidade, boa sorte e saúde.

A LENDA DOS MIL TSURUS: Não se sabe ao certo desde quando existe a lenda no Japão, mas a história passada de geração em geração diz que aquele que fizesse mil tsurus de origami, teria um pedido realizado pelos deuses.

Público alvo: a partir dos 12 anos
Participantes: até 10 pessoas

Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas
Rua Murtinho Nobre, 169 – Santa Teresa
Telefone: (21) 22150621

Sábado, dia 22 de abril, às 11h
R$30,00 (meia entrada conforme legislação vigente)
Descontos promocionais na página MAMI do facebook: https://www.facebook.com/MAMI-Movimento-Art%C3%ADstico-e-Musical-para-a-Inf%C3%A2ncia-621335171388006/?fref=ts

MarceloSerralvaBandaMalamalenga

PROGRAMAÇÃO – 3 – MAMI – Domingo das Crianças – Espetáculo: “Malamalenga”

Crédito: Direção Cíntia Sant’Anna; produção Marissa de Brito
Descrição: Marcelo Serralva, criador da Turminha do Tio Marcelo e do blog Musiqueducando tem seu trabalho voltado para o público infantil com conteúdo educativo, divertido, interativo e diversificado. Com Marcelo Serralva e Banda Malamenga.

Elenco – Marcelo Serralva (Voz, violão e multi instrumentos), Dan Gonçalves (Mandolim, ukulele, violões e voz), Brina Ribeiro (Voz), Rodrigo Peres (Percussão e voz)
Produção Cênica – Cíntia Sant ́Anna
Produção de Vídeo – Rodrigo Bouillet
Técnico de som – Celso Costa

CMRMC – Centro Municipal de Referência da Música Carioca
Av. Conde de Bonfim, 824, Tijuca, Rio de Janeiro.
Tel.: 32383831

Domingo, dia 23 de abril, às 16h
R$20,00 (Inteira)/R$10,00 (meia entrada conforme legislação vigente)
Crianças de até 02 anos não pagam

Veja Também

2_Circuitinho_Foto_Guito_Moreto

Circuitinho – Casa Rosa da Gávea *11 e 12 de novembro*

O Circuitinho vai oferecer palestras e workshops durante a sua programação. Sucesso no no canal de TV …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *